terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Shampoo Tigi Bed Head Epic Volume


Ainda sobre a minha última compra no site Feel Unique, como estou testando os produtos aos poucos, já deu prá sentir qual é a do shampoo da Tigi, o Epic Volume.

Achei esse shampoo sensacional! Paguei U$ 14,45 por 250 ml de shampoo e com pouco uso já percebi que vai durar MUITO! É um shampoo bem denso, mas que espalha super bem, então com um pouquinho consigo lavar meu cabelo inteiro, e estou com comprimento médio. Uso menor quantidade do que uso do shampoo da Natura, por exemplo, que é mais líquido.

O cheirinho é uma delííícia, mas é docinho e frutado, chega a ser enjoativo, porque o perfume fica no cabelo, fico sentindo ao longo do dia, quando mexo o cabelo, muito bom! Se você não gosta de fragrâncias adocicadas, pode ser que não goste.

Outra coisa ótima nesse shampoo é que ele realmente LIMPA o cabelo, com apenas uma lavagem. Além de espalhar super bem com o uso de pouca quantidade de produto, ele é eficaz na limpeza, e depois de espalhar por todo o cabelo e fazer bastante espuma, já consigo ouvir aquele barulhinho de cabelo limpo, tão característico - sabe, quando você está esfregando os dedos pelo cabelo molhado e ele "estala"? Agora, quanto ao volume, acho difícil dizer, meu cabelo é bem liso e eu tenho super dificuldade em conseguir volume, mas eu percebi que, secando com o secador, o cabelo se manteve soltinho na raiz por mais tempo.

Super aprovei, achei o preço bem competitivo (o Feel Unique está com promoção, agora o shampoo está custando U$ 13,00), porque deu prá sentir que há um grande custo X benefício, ou seja, um bom produto, que vai durar mais que os outros, com um preço um pouquinho mais alto (e nem é tanta diferença, afinal). Vale à pena!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Filmes

Fico feliz que ultimamente assisti uma boa safra de filmes! É terrível assistir filme ruim, e se a gente assiste 2 filmes fracos em seguida, até desanima, né não? Esses quatro filmes são legais, mas cada um com o seu estilo e à sua maneira!














Histórias Cruzadas (The Help) - há bastante tempo que eu não assistia um filme tão bom! É um drama (mas não é tão dramático à ponto de fazer chorar) sobre a segregação racial entre as "madames brancas" e as "empregadas negras" no Mississipi nas décadas de 50/60. As regras eram bem estabelecidas - por lei, inclusive - que negros e brancos não deveriam se misturar: escolas para brancos, escola para negros. Os livros usados pelos negros jamais deveriam ser passados aos brancos, e eles não deveriam usar nem o mesmo banheiro. Não se sentariam à mesa juntos, não usariam os mesmos transportes, e um branco jamais frequentaria a casa de um negro. As empregadas domésticas passavam por situações prá lá de humilhantes, até que uma menina bem "práfrentex" resolveu escrever um livro sobre todas essas situações, e, escondida da sociedade branca, iniciou uma revolução! No geral, o enredo é triste, porque o racismo como pano de fundo não poderia ser diferente, mas tem umas pegadas de comédia ótimas, e alguns detalhes que realmente fazem toda a diferença! Amei e recomendo muito!

Eu Não Sei Como Ela Consegue (I Don't Know How She Does It) - o filme é bem bonitinho, mas não me convenceu muito. O enredo é sobre a realidade de muitas de nós: mãe, esposa, profissional, administradora do lar, vaidosa, mulher, esse monte de papéis que assumimos e precisamos cumprir com esmero, fazendo sabe Deus que tipo de malabarismos... e deixando a peteca cair uma vez ou outra, normal, né. Então o filme mostra bem isso, de que forma a mulher tem que abrir mão de um monte de coisas à cada decisão que toma, porque se viajar à negócios vai perder a apresentação do filho na escola, e se for na reunião da escola vai perder a reunião do trabalho, e o marido quer que ela esteja disposta à noite, e aí o filho pega piolho, tem que organizar o jantar, tem que pintar o cabelo, e ufaaaaaaa, tem que organizar uma apresentação pro trabalho porque o seu chefe vai te avaliar justo no dia em que o seu filho tá com a garganta inflamada... acho que nenhum filme vai conseguir retratar exatamente situações como essas, porque acaba sempre rolando algum exagero, mas o filme é interessante justamente pela tentativa de retratar essa doideira que é tão comum!

Contágio (Contagion) - uma epidemia se espalha rapidamente. Os sintomas são parecidos com o H1N1, mas as probabilidades de morte rápida são bem maiores. Uma mulher volta da Ásia com sintomas de uma gripe forte e morre rapidamente, enquanto um homem no Japão é filmado com os mesmos sintomas, tendo convulsões em um ônibus, morrendo ali mesmo. O vírus vai se espalhando e fazendo vítimas, enquanto uma equipe de cientistas trabalha freneticamente para identificar o vírus e  criar uma vacina. O mais legal é que o filme mostra como o vírus é transmitido com facilidade, como somos vulneráveis! E aí quando  as barreiras estatais se fecham e começam as especulações sobre uma possível cura (e todas aquelas teorias da conspiração), as pessoas perdem as estribeiras e iniciam o caos: saqueiam mercados, sequestram pessoas ligadas ao governo, roubam, matam, quebram farmácias, invadem casas. Quando a vacina é finalmente descoberta e um sistema de vacinação é estabelecido, as coisas vão voltando aos eixos e as pessoas voltam à sua rotina. Achei bem interessante porque acho que é algo bem possível de acontecer #teorias.

Receitas de Amor (Love's Kitchen) - ai que filme bobinho! Super sessão da tarde, práqueles dias em que a gente quer esquecer dos problemas e esvaziar a cabeça assistindo algo que não faça pensar em nada complicado. Um chef conceituado perde a esposa em um acidente e perde o encanto pela profissão, perdendo também o seu prestígio. Mas após um tempo ele resolve retomar os planos que tinha com a esposa e compra um restaurante meio abandonado, resgatando o amor pela culinária e conquistando a clientela. Aí aparece a bela crítica gastronômica que implica com ele, mas acaba se apaixonando, e tem a equipe super unida dele que torna as situações engraçadinhas, a filha dele que é uma gracinha, e aquelas coisinhas todas que fazem as comédias românticas serem tão bobinhas. E apaixonantes!

sábado, 24 de dezembro de 2011

Últimos Acontecimentos

Blog paradinho again, e I'm so sorry, amigas, mas os preparativos para as férias estão me deixando ansiosa (desculpinha esfarrapada, hahahaha). O tempo que eu tenho ficado na frente do computador é prá publicar as fotos da Troquinha de Natal, e confesso: tem que ter uma organização ninja prá não se confundir, não cobrar fotos da pessoa errada, não errar o email, não errar o nome das duplas, publicar direitinho cada troca com o seu devido depoimento, conversar com as amigas que se decepcionaram com as trocas... eu amo organizar, mas admito que é difícil e demanda tempo, viu? Vou fazer um post aqui e lá sobre isso!

A organização das férias está sob controle, já providenciei passagens e documentos, e agora minhas atenções estão voltadas prá minha ausência por aqui: deixar tudo em dia no banco, e deixar minha casa apresentável para o meu retorno. A gente organiza a viagem e já pensa em tudo com 30 dias de antecedência, porque é UÓ voltar prá casa, com mala e o escambau, e se deparar com desorganização e sujeira. Não dá, né? Mas já tá tudo no jeito, vai ser moleza.

E o Natal? Não paro de responder perguntas sobre como vou passar a data, e digo djá: não vou passar sozinha, e não quero carinhas de dó imaginando que eu vou estar deprimida aqui no apartamento. Vou passar com o Rockinho, muito da contente, com uma ceia bem legal, uma garrafa de Lambrusco geladinho e carinho dele por mim e meu por ele, pensando nos dias que estão bem próximos, quando vamos estar com a nossa família, nos divertindo à beça! As férias estão logo aí, semana que vem já aterrisamos em Foz do Iguaçu e aí... a felicidade é pouco prá nós!

Prometo que o blog não vai entrar em recesso totalmente, até porque eu adoro vir aqui contar o que eu vi, mas talvez eu falhe os posts em alguns dias, normal, né?

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Um Dinheiro Nada Fácil

Fazia tempos que eu não lia um livro tão bom! Leve, descontraído, personagens engraçados, boa estória, narrativa viciante! A personagem principal, Stephanie Plum, ganhou uma saga com 18 livros até agora (18!!!), mas depois de ler o primeiro eu entendi o fôlego da autora: a personagem é demais!!! De todas as personagens de chick-lit que eu já li, é a mais próxima da realidade, principalmente porque ela não é tapada.

Ela cresceu no Burgo, tem uma família estranha, uma avó meio doida e muito engraçada, perdeu o emprego e acaba trabalhando como caçadora de recompensas para o próprio tio. E o primeiro procurado dela é... um cara com quem ela ficou nos tempos do colégio! Joe Morelli, gato, policial e acusado de homicício.

Ela é muito engraçada, encara a "caçada" aos meliantes numa boa, não tem absolutamente nenhuma frescura e se mete em muitas frias! O livro tem vários trechos engraçados de verdade e o que eu mais gostei foi a forma como a Stephanie resolve os próprios problemas: ela é prática e não perde tempo com mimimi (amei isso!)! Adorei também que os personagens falam palavrão com normalidade, como a gente fala também na vida real, sem exageros e nem "Puxa Vida!" no lugar de "Puta Merda!".

Fora todo esse lance com os personagens (impossível não adorar o Morelli!), o livro é curtinho e bem fácil de ler, prende a gente mesmo! Tem suspense, ação, humor e até um pouquinho de romance - e eu espero que o romance aumente nos próximos livros! Recomendo muito se você procura um livro leve e divertido, excelente prá ler nas férias!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Harpa da Colorama


Dezembro chegou, resolvi ficar festiva! Escolhi o dourado prá "iniciar os trabalhos" do fim de ano, onde as confraternizações chovem por todos os lados, festas familiares, amigo oculto, presentinhos e afins acontecem todos os finais de semana! Achei essa cor lindíssima, e no início fiquei com a impressão de estar meio Jade/Maya, numa vibe meio novela-no-Marrocos, mas foi só impressão passageira, a cor é uma delícia e traz todo um glamour pro dia-a-dia sem pesar. E vai bem na night, não acham?

Não sei se a gente acostuma com a cor ou se é o próprio esmalte que vai perdendo um pouco de intensidade com o passar dos dias, mas sinceramente, senti que a cor "assentou" e ficou mais suave, até mais elegante, lá pelo terceiro dia. Aí logo em seguida, começou a descascar, hahahaha!

Achei ótima prá virada do ano, prá atrair ouro, muito ouro! Inshalá!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Semaninha

DOMINGO
Tenho tentado ser mais caprichosa com meu cabelo, juro! Não sei se é só comigo, mas é um mal por ter o cabelo super liso, eu acabo descuidando do trato diário... porque se eu lavo e deixo secar, ao natural, ele não fica uma Brastemp, mas também não fica feio. Fica sem graça. Secar com a escova dá todo um balanço, uma leveza, eu sei disso e adoro! Aí em pleno domingo fiz a dona Florinda e fiquei assim, com bobes no cabelo, e quando eu soltei... aaaah, ficou soltinho na raiz, um arraso!


SEGUNDA
Eu virei a doida do suco! Já faz muito tempo que eu nem compro refri, não gosto muito e nem faço questão de beber, mas tô viciada num suquinho, hein! Adoro comprar polpas, especialmente daquelas frutas do cerrado, Tamarindo, Cupuaçu, Cajá... são azedinhas, uma delícia! Eu sou exagerada, porque não gosto de suco ralo: uso 2 polpas prá 750 ml de água e 2 colheres de açúcar. Fica perfeito e eu fico sempre bebendo um pensando no próximo que eu vou fazer!



TERÇA
Já decorei meu apê pro Natal! Tem árvore de Natal mini e luzinhas instaladas no balcão, guirlanda na porta e pronto, o espírito natalino já se instalou por aqui! Alguns presentes estão embrulhadinhos esperando chegar às mãos dos seus donos... acho que não vou participar de nenhuma ceia ou festa esse ano, seremos só eu e o Rockinho (e uma garrafa de Lambrusco gelado, hahahaha!), então os presentinhos serão distribuídos aos poucos!


QUARTA
Um balão cor de rosa veio voando da rua e pousou na minha sacada. Virou brinquedo de uma noite toda, o Rocky achou muito divertido! Cheirou, correu, jogou prá cima, latiu pro balão! Quando estourou é que foi engraçado, fiquei esperando um tempão, assistindo a cena, as brincadeiras, já pensando que quando estourasse ia ser um sustão, mas... ele nem deu bola. Hmpf.


QUINTA
Tô passando por essa calçada todos os dias e notando algo diferente, mas nunca prestando muita atenção. A calçada é toda quebrada, falhada, uó prá caminhar em dias de chuva. Mas um dia meu telefone tocou e eu fiquei ali, parada naquele trecho falando no celular e me dei conta: a calçada quebrou e consertaram com um coração! Fugiram do padrão da calçada e carimbaram um coração bem ali, que amooor!


 E prá provar que esse coração foi inventado, olhaí padrão usado da calçada!


SEXTA
Não falei que eu tô apaixonada por sucos? Refrescante e saboroso, o escolhido foi abacaxi com hortelã! Ideal seriam os gelinhos de suco verde, mas não fiz, vai gelo normal mesmo!


SÁBADO
Dia de festinha da firrrma! Como eu já falei no post anterior, esse ano a festa foi temática e era tipo Baile do Hawaí. Não comprei vestido florido, fui de regatinha branca, saia estampada longa e flor no cabelo. Aí inventei essa amarração de fitas no braço que ficou meio hippie, mas usei assim mesmo. O autobronzer, como vocês (não) podem ver, é mega sutil e eu continuo branca-leite, mas vou fazer um post sobre ele prá explicar o efeito, tô usando sempre e adoro! Ao fundo, uma mesa de frutas, mas o ambiente tava meio escuro e não saiu quase nada!

hihihi, vergonhinha de colocar foto minha, mas depois de aparecer de bobs, o que mais pode ser embaraçoso? :oP

sábado, 17 de dezembro de 2011

Preparativos de Sábado à Noite

Hoje tem festa da firrrma! Passamos vários dias bolando a comemoração, que eu batizei de "Uma Noite no Hawaí", e esta festa vai ser bem especial! É a primeira festa temática da agência onde eu trabalho, então dei a idéia de baile do Hawaí porque é fácil ir à caráter!

Contratamos decoradora, então teremos tecidos floridos e frutas em todas as mesas, um barman providenciado batidinhas e coquetéis de frutas, sorteio de presentinhos durante a noite... tô bem animada, porque pela primeira vez iremos fugir do tradicional chopp + churrasco de todos os anos!

Aí é aquela preparação toda: já passei autobronzeador, vou arrumar o cabelo, colocar umas flores, pintei as unhas, depois vou fazer uma maquiagem baphônica (Alice Salazar vai me orientar com as suas idéias ótimas que eu assisti nos vídeos!), pegar o presente do Amigo Oculto e ir toda perfumada prá festcheeenha, adoro!

Fim de ano é muito bom, né?!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Foaming Gel Wash L'Oréal

Fiz uma comprinha mára no Feel Unique, e demorou um bocado prá chegar, eu já tava meio desacreditada que teria meus preciosos produtos, mas após 50 dias corridos, eis a minha caxinha, totalmente estrupiada, sabe Deus por onde andou!


Os produtos foram bem diversificados dessa vez, geralmente eu peço coisas parecidas, fiquei feliz com a minha compra (eu nem lembrava direito o que havia escolhido, hahaha!).

- Shampoo Tigi Bed Head Epic Volume U$ 14,45
- BB Cream Garnier U$ 14,52
- Mascara Maybelline Colossal Cat Eyes U$ 11,61
- Foaming Gel Wash L'Oréal U$ 8,72


O único produto testado até agora foi o sabonete líquido da L'Oréal, quando os outros forem testados, volto aqui prá dar minhas impressões. Esse sabonetinho líquido é o legítimo BBB! Me digam, aqui no Brasil, onde encontramos um bom sabonete líquido facial, com 150 ml, que custe R$ 15,50???


Adorei o cheirinho, é refrescante sem ser óbvio, um perfuminho verde, fresco. A embalagem é arredondada na parte de cima porque vem com uma esponjinha de borracha acoplada. Basta aplicar um pouquinho do produto na esponja e massagear o rosto, muito bom! A esponjinha tem uma espécia de ventana atrás, que permite que ela seja fixada na parede do banheiro, ou no espelho, mas super prático mesmo é o encaixe na própria embalagem!

Contém ácido salicílico, então há a promessa de combater cravos e espinhas, mas esse efeito é beeem no longo prazo, eu nunca notei diminuição de acne só com o uso regular de algum sabonete específico, só com um time inteiro de produtos! Mas está aprovadíssimo, tão bom e barato quanto o Pure Active da Garnier, porém, sem a sensação de ardidinho!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Organização de Bijoux

Duas diquinhas básicas, baratas e práticas prá organizar colares, pulseiras, brincos e anéis!



Ganchinhos colados dentro do guarda-roupa organizam seus colares sem embolar, ficam fáceis de serem visualizados e não ocupam o menor espaço! Eu prefiro colar os ganchinhos na parte interna do guarda roupa, mas já vi ganchinhos colados na porta também (meu guarda-roupas tem portas de correr, então nem dá, mas aquele barulhinho dos colares batendo na porta toda vez que a gente abre... acho meio chatinho).

Eu usei esses ganchos de pressão, mas veja bem... eram quatro, agora são só dois. Esses estão resistindo há meses, mas dependendo do peso pendurado neles, ou de perder a pressão mesmo, os ganchinhos podem cair (e fazer um PLÉC no meio da noite e você se borrar de susto, hahahaha!), e aí é só limpar bem o lugar, deixar seco e colar de novo, sem crise. As mais desapegadas aos móveis podem colocar ganchinhos com parafusinhos, danifica um tiquinho o guarda-roupa, mas fica útil forever.


Brincos, relógios, anéis e pulseiras ficam bem organizadinhos dentro desses potes com divisórias, eu comprei o meu no supermercado e estava descrito como "caixinha para costura". Muito prático inclusive prá viagens, porque com a tampa fechada, cada brinco fica no seu compartimento, sem misturar! Dê uma olhadinha no tamanho dos seus acessórios antes de comprar, porque existem as mais variadas divisórias nas caixinhas. Adorei esse modelo com duas divisórias laterais mais largas, permite guardar brincos maiores, pulseiras e relógios sem problemas!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O Inverno Chegou, Katherine Heigl!

Como sempre, estou colecionando os looks da musa-inspiração Katherine Heigl. Não canso de falar o quanto adoro o estilo básico e "color blocking: tons terrosos" que ela usa. A cartela de cores não é nada ousada, variando entre beges, brancos, muito preto e marrom, com alguns acessórios em verde, mostarda ou vermelho, assim fica difícil errar e acho que ela está sempre elegante.

Algumas pessoas podem achar monótona a forma como ela se veste, mas eu adoro a ausência de estampas e os tons dentro da mesma variável. De uma certa forma, meu guarda-roupa também está ficando assim, tanto pela praticidade (as possibilidades aumentam consideravelmente quando você opta por peças lisas e cores que conversam entre si) quanto pela minimização de erros. É muito mais difícil ficar com um look legal quando se tenta ser ousada. Eu, definitivamente, não estou preparada prá ousar e prefiro as combinações óbvias.


Confesso que achei o LOOK 1 too much beige até prá mais básica das mulheres, mas adorei as peças isoladamente. Essa calça justa é ba-ba-do, só usa quem tá beeem podendo! A bota do LOOK 2 também não sou fã, mas combinou legal, tirou a atenção do casacão, que eu não sei porque, mas achei feio.
O LOOK 3 sou muito adepta! Adoro total black e adoro calça cigarrete com sapatilha, aprendi com minha amiga Kate! Essa bolsa Chanel elevou o grau do modelito de básico-sem-graça prá blasé-chique.
LOOK 4 tá gatinha, hein? Jaqueta perfecto com long shirt, curti! Eu nunca vou usar uma roupa assim porque meus quadris abrasileirados não me permitem, mas adoro! E o LOOK 5 é suuuper usável, não tem segredo nenhum e provavelmente muitas de nós já usaram uma combinação parecida e nem notaram!

Falando na Katherine Heigl, alguém já viu a campanha "I HATE BALLS"? O vídeo é engraçadíssimo, é em prol da castração de cachorros, prá evitar a superpopulação canina que resulta na morte e abandono de tantos doguinhos! Adorei a iniciativa, o apelo cômico e a abordagem do assunto, acho que devíamos ter uma campanha dessas por aqui!



Hahahaha, juro que senti até um "nojinho" quando olhei prá bolinhas do Rocky depois desse vídeo, tadinhoooo! Não vou castrá-lo tão cedo, porque não é necessário, mas ela faz umas caras tão engraçadas no vídeo que foi inevitável!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Esmalte Agyness da Hits

minha mão "fez uma pose" muito feia nessa foto, mas captou bem a cor!

Eu nunca havia usado esmalte verde! Resolvi fugir da minha rotina de vermelhos-escuros-azuis e passar algo bem diferente, escolhi esse da linha Pop Up da Hits. Eu gosto bastante dos esmaltes dessa marca, a durabilidade é excelente, mas nesse dia eu não tive muita sorte... :(

Eu esqueci de levar minha máquina fotográfica à manicure, então ela me emprestou o vidrinho do esmalte prá trazer e forografar em casa ^^ Josi querida ^^ . Isso foi uma SORTE DO CARACAS, porque chegando em casa eu fui aplicar remédio prá pulgas no Rocky, (aquele líquido que se aplica na nuca do cachorro), e o remédio dissolveu o esmalte das minhas unhas!!! Que raivaaa, a gente chegar da manicure e estragar tudo! Mas aí, com o esmalte em casa, dei uns retoques e remendei o estrago.

Adorei essa cor, achei um verde classudo e nem um pouco escandaloso ou juvenil demais. Não é verde militar, nem tampouco verde-folha ou esmeralda, é um verde fechado, com um micro perolado que meio que desaparece na unha. Achei bem lindão!

Tanto e Tão Pouco

Eu fiz tanta coisa esse fim de semana, e ao mesmo tempo, não fiz nada! Tive um finde preguiçoso, mas resolvi pequenas coisinhas que precisavam ser resolvidas.

SATURDAY
As feministas que me perdoem, mas resolver assuntos do carro é coisa de homem, viu. Cheguei na borracharia, só homem. Me atenderam super bem, mas fui procurar um lugarzinho prá sentar enquanto tiravam o pneu do carro, e fiquei ali, meio deslocada, lendo uma 4 Rodas. Achei que ia custar caro, o borracheiro me mostrou que a roda tava meio torta, eu vi ele espancando a coitada prá desentortar, mas afinal era só um parafuso até o talo do pneu, que o fazia murchar há cada 2 dias. Custou R$ 10,00, mas quer dizer... se tivesse me cobrado R$ 70,00 eu nem ia saber que era um assalto.

Aí fui depilar. Saindo da depilação, após o comentário de que eu estava com muitos pelinhos encravados na perna, corri no 1,99 prá comprar um banquinho e plástico pro meu banheiro. Com o banco dentro do box, deixo sempre o esfoliante em cima dele, prá lembrar que eu tenho onde apoiar a minha perna e esfoliar, esfoliar, esfoliar!

Atravessei a rua e fui em uma loja de roupas, porque eu precisava comprar umas saias longas, que eu fico apaixonada em toda moda confortável que surge! Achei da Malwee, super delicinhas, de malha, preços amigos! Aproveitei e levei uma regata da Hering, preço bom a gente gosta e leva mesmo!

Parei na rodoviária prá comprar minha passagem de bus até Cuiabá. "Moça, vou levar um cachorro, não paga nada extra?" "Não, não paga, mas você tem que providenciar as vacinas, a caixa especial prá ele e ele vai embaixo, com as malas." Eu sei, e isso tá apertando meu coração de um tanto, minha gente... vou levar o Rocky pro PR comigo nas férias, vamos de ônibus e de avião, e mesmo com a veterinária me tranquilizando e receitando umas gotinhas de Dramin, coração de mãe canina sofre!

Fui almoçar com azamigas, e á noite fui comer pizza e tomar uns chopps com sal e limão, quem curte? Claro que eu fui de saia nova, nééé! A única de pernas escondidas do pedaço!

SUNDAY
dia-de-não-fazer-nada. Comi horrores de bobagens e gordices, assisti filme, perdi horas em frente à tv, passeei com o doguinho, ficamos juntinhos no sofá. Hora de encarar a segunda feira, porque ela já chegooou!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Tempero Pronto

Troquei meus pontos do cartão por um Mixer da Walita! Sou cliente do Banco do Brasil (alguém imaginaria outra coisa?) e agora tem uma parceria com a Dotz, adorei essa novidade! Troquei todos os meus pontos por Dotz e fui bem feliz na minha troca, o produto chegou em menos de uma semana, através do Submarino, acho que nunca recebi uma compra com tanta rapidez!

Fiquei doida prá experimentar meu mixer, mas enquanto eu não inventava nenhuma receita, resolvi fazer tempero pronto, que é a maior facilidade e quebra um galhão na hora de cozinhar!

cebola + alho + mixer + copo vazio prá guardar o tempero pronto!
Coloquei uma cebola picada grosseiramente e 5 dentes de alho, umas pitadas de sal e um pouquinho de azeite no copo (aquele que vem junto com o mixer, mas você pode usar qualquer pote), e fui triturando aos poucos, até ficar na consistência de uma pastinha. Eu fazia esse tempero pronto no liquidificador, mas acaba sempre triturando demais e aí a cebola solta muita água, não dava muito certo... com o mixer fica perfeito!


Deixar esse tempero pronto na geladeira me dá até mais ânimo de cozinhar, acreditam nisso? Porque a gente pula a etapa mais chata e básica de qualquer receita: picar os temperos! Eu não gosto de usar tempero industrializado ou comprado pronto, então é uma mão na roda ter um temperinho caseiro prá usar sem ficar com as mãos com cheiro de cebola...


Ele fica bem branquinho na hora, e aí é só guardar tampado na geladeira. No dia seguinte você vai notar que ele está esverdeando, mas isso é normal. Acho que o mais recomendado é usar o tempero em uma semana, porque ele não contém conservantes, eu até já deixei mais tempo e ele permaneceu bom para o uso, mas é melhor não vacilar com os prazos de validade!

Estou contente com o leque de possibilidades de ter um mixer na cozinha, fico sempre feliz com utensílios e ferramentas que possibilitem novas receitas ou que facilitem a nossa vida, especialmente na culinária! Ontem mesmo já cozinhei abóbora e usei o mixer prá transformar tudo em um purê, e ficou ótimo, mas ele ficou com o plástico todo manchado de laranja... me deu uma dózinha, deixei de molho com um pouquinho de água sanitária e ele voltou a ser branquinho :o) tô feliz com meu brinquedo novo!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O Morro dos Ventos Uivantes

Eu já adiantei aqui no blog que esse livro me deixou meio prá baixo, meio tristonha. Olha, vou falar... eu esperava uma história de amor arrebatadora, com cenas de paixão e juras de amor em todas as páginas, e me decepcionei bastante nesse sentido. Lógico que tem amor, mas está longe de ser um livro romântico, está mais prá um livro amargurado, isso sim!

Eu sempre tive interesse em ler esse livro, e confesso que fiquei ainda mais, porque durante a leitura da saga Crepúsculo a Bela cita "O Morro..." e os personagens em vários trechos. Como eu gosto muito da Bela, resolvi ler de uma vez o tal livro (influenciável!) prá ver qual era - mas eu dispensava esse lembrete cafona na capa: "O LIVRO PREFERIDO DE BELLA E EDWARD", hahahaha, que brega!

O livro fala sobre a vida de duas famílias em duas propriedades próximas: a Granja dos Tordos e o Morro dos Ventos Uivantes, e a forma como o amor entre dois irmãos de criação (Catherine e Heathcliff) se desenvolve sem ninguém perceber e arrebata o coração de ambos, sem que eles nunca ficassem juntos ou mesmo admitissem esse amor. Eles não são bem irmãos de criação, o Heathcliff sempre é tratado como se fosse um criado, mas o seu amor pela Catherine faz com que ele se tranforme em um homem bruto, arrogante e muito fechado. Ele desaparece por um período, e retorna diferente, rico e com boas maneiras. Mas nesse intervalo a Catherine casou, o que deixa o Heathcliff ainda mais melancólico e bruto... ela faz de tudo prá chamar a atenção dele (ela é mimada e bem merecia uns tapas, na minha opinião), os dois são infelizes e só pensam um no outro, mas aí um monte de coisas acontecem e a história fica amargurada de dar dó.

Só sei que eu terminei o livro me perguntando como é que ele se tornou um clássico, porque, francamente... me desculpem os fãs, mas eu não gostei e não vi nada de mais. Eu já li algumas coisas sobre uma teoria freudiana em cima dessa obra, onde a Catherine seria o ego, o Edgar (marido dela) seria o superego e o Heathcliff seria o id. Dá pano prá manga, mas não acho que seja o caso de eu me aprofundar, hahahaha!

Se eu recomendo? Olha... sim, porque é considerado um "livro-tem-que-ler", e acho importante tirar suas próprias conclusões acerca do hype todo do livro. Mas eu não tenho o menor interesse em ler de novo.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

GlossyBox de Novembro

Hoje chegou a queridinha GlossyBox com as surpresinhas de sempre: produtinhos mini prá testar, ebaaa!


O que veio este mês:

- Bronze Eclat da Artdeco (tamanho normal). caneta iluminadora com efeito bronzer, embalagem bem linda, mas vou ter que encontrar uma função prá esse produto em mim, sou muito branca e como iluminador não vai rolar...

- Perfume Heat Rush da Beyoncé (amostrinha). achei doce e suave demais, e a fixação é bem ruim!

- Soapelle em barra (amostra). sabonetinho antisséptico, não tirei da embalagem ainda, nem sei que cheiro tem, mas pela cor, não deve ser bom.

- Cleany da Theraskin (amostra). já usei produtos da Theraskin e achei mára, fiquei curiosa prá testar ess loção facial, diz na embalagem que remove impurezas, maquiagem, oleosidade... parece promissor.

- Ultra Sheer da Neutrogena (amostra). adorei esse, já havia, inclusive, procurado aqui na minha cidade prá comprar! Melhor agora, que vou testar e ver se é bom mesmo. Houve uma campanha de divulgação desse produto e váááárias blogueiras ganharam, fiquei curiosa na época, então chegou a vez de provar!


Eu li muuuitas meninas reclamando das caixinhas no facebook, mas, sinceramente, eu não sei o que o povo quer. Eu sei que são amostras, que elas são grátis, mas, infelizmente, não é todo mundo que tem acesso à elas. E sempre tem um produto de tamanho normal na caixa, o que dá uma dignidade prá coisa toda. É lógico que se alguém chegasse com a caixa na mão e me oferecesse por R$ 40,00, eu jamais compraria. Mas o que eu gosto na Glossy é a possibilidade de experimentar novos produtos, e a ansiedade de esperar ela chegar pelo correio, e abrir prá ver o que veio, hahahaha! 

É chato ter que pagar por amostras? Claro que é! Mas eu concordei em pagar por isso, e tenho achado os produtos interessantes, de marcas conceituadas e acho ótimo sempre serem produtos novos ou tradicionais. E outra: ninguém assina a caixinha achando que vai receber 5 produtos de tamanho normal, né? Está tudo bem claro no site e nos blogs de quem já recebeu a Glossy.


Olhaí, é tudo pequenininho! E a embalagem do bronzer da Artedeco é linda, né não?


Mas a cor é meio globeleza demais em mim... fiz um swatch meio tosco, mas dá prá captar a idéia (concentrado e esfumado). Vou tentar dar outros usos (como sombra, talvez?) prá aproveitar o produto e a embalagem ryca!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Filmes Comédia

Uma seleção de filmes comédia bem sessão da tarde, porque tem horas que a gente precisa esquecer da vida e rir de umas bobagens!




Os Pinguins do Papai
Esse filme é muito bonitinho, prá assistir com crianças mesmo. Jim Carrey com aquele humor desinteressado que ele sabe fazer tão bem, e ainda tem bichinhos fofos e amorosos, não dava prá ser ruim uma combinação dessas! Não é comédia prá rir, é daquelas com fundo emocional, com lições de vida, com família, com turminha do bem x turminha do mal, bem infantil mesmo! Achei engraçadinho! O Jim Carrey faz um cara que trabalha muuuito e não tem muito tempo pros filhos´, ele cresceu com um pai meio ausente, e se ressente por isso. Aí o pai dele morre e envia uma caixa com pinguins prá ele... os filhos dele amam os pinguins, que aprontam prá valer dentro do apartamento chique dele, e ele acaba se apegando aos animaizinhos, e por aí vai. Assista com os filhos, vale à pena!

Zelador Animal
Mais um filme com animaizinhos falantes, será que a gente ainda não cansou disso? Bom, eu não. Acho sempre divertido porque os animais são sarcásticos com humanos nos filmes, adoooro! Também é legal de assistir com crianças, o filme é todo engraçadinho, com lições de moral, macaquinho danado, gorila carrancudo, lobos e ursos engraçados, malvados x bonzinhos, mesma fórmula de sempre.

Um Parto de Viagem
Esse filme não é mais novidade, já saiu há bastante tempo e eu nunca me interessei em ver, até que a minha irmã me recomendou, porque achou super engraçado. Bom, eu não sei por onde anda meu humor, mas eu não achei tudo isso, não... mas tem cenas bem boas e diáologos engraçados, sim. O Robert Downey Jr. faz um cara todo certinho, que está viajando de volta prá casa prá acompanhar o nascimento do seu primeiro filho. Mas aí por uma infelicidade do destino ele se envolve com um cara TOTALMENTE SEM NOÇÃO no avião e termina enroscado com ele durante todo o trajeto. Algumas situações são surreais e super politicamente incorretas, o que faz a gente dar risada, claro. Achei que segue a linha do "Se Beber Não Case", naquele estilo 'todo tipo de absurdo é possível'.

Gente Grande
Outro filme velho que eu só assisti agora. Mas não tem outra definição prá esse filme, é "mais um filme do Adam Sandler", parece que ele faz o mesmo personagem em todos os filmes ou é impressão minha? O filme é sobre 5 amigos de colégio que se encontram 30 anos depois, prá passar um feriado em uma casa de capo, com as suas famílias. Aí, lógico que nenhuma família é normal, todo mundo guarda ressentimentos e traumas do passado, tenta resolver e provar pros outros que mudou da pior forma possível... aquilo tudo que a gente meio que já sabe. Achei o filme mais-do-mesmo, mas tem cenas engraladas.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Pipoca Doce da Risqué


Meu horário na manicure coincide com a novela A Vida da Gente, então eu já cheguei pedindo o esmalte novo da Manu, um vermelho fechado lindo!

Eu, que sempre fui de usar os vermelhos mais abertos e aparecidos, fiquei encantada por esse esmalte tão chique! Aliás, eu li na internet que o esmalte usado na Manu é o Chic, da Colorama.

A manicure que recomendou o Pipoca Doce,e eu até fiquei triste quando ele começou a lascar (quase uma semana depois), porque ele deixa as mãos muito elegantes, e tem um brilho lindíssimo, parece um verniz na unha. Amei!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Influências

E essa conversa de vir, postar 3 dias, sumir 5 dias, como é que fica??? Bom gente, há tempos venho percebendo uma coisa deveras interessante que acontece comigo: eu me deixo influenciar pelos livros que leio. E aí que esta semana terminei de ler "O Morro dos Ventos Uivantes" (resenha em breve) e me vi acabrunhada, mal humorada e irritadiça, tal como o Heathcliff. Hahahaha, muito engraçado, tenho que rir de pensar nessa "teoria da influência literária", mas é verdade - ou é muita, mas muita piração!!

Isso tem acontecido com frequência, tanto que tenho procurado intercalar minhas leituras entre leves, bem humoradas e densas, senão vou ficar insuportável! Já tá na lista o próximo, um da Marian Keys, porque eu preciso restabelecer minhas energias. E lógico que não dá prá ler só livros fáceis, chick-lits, porque leituras mais pesadas também são importantes (e ás vezes é impossível saber por quais caminhos uma narrativa será conduzida).

Acho que isso acontece comigo aqui, porque fico só eu e o Rockinho em casa, então eu entro no livro com intensidade, lendo no silêncio do lar, acabo me envolvendo mais com os personagens, sei lá. O lance é que eu posto menos quando estou com minhas energias em baixa, me falta ânimo e inspiração. Esse blog é sobre a minha vida e as minhas vivências, então se é prá vir aqui reclamar da vida, nem venho, não é verdade? Não tem coisa boa prá falar, fica quieto. Parece uma frase besta, mas é muito sábia!

Mas já fechei o livro, guardei o Heathcliff na gaveta, já já tô de volta!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Suco Verde

Suco verde é um lance antiguinho já, meu avô já é adepto há anos, mas parece que agora está super na moda e começaram a pipocar fotos de todas as celebs com suas garrafinhas de suco verdinho!

Eu acho bem gostoso, refrescante, além de toda aquela sensação de "ah, como eu sou saudável, me enchendo de energia e luz", mas o maior problema é FAZER o tal do suco verde, é muito sacal lavar todas as folhas, bater, coar... como o ideal é beber todos os dias e sempre fresco, imagine fazer esse servicinho com as folhas todos os dias, afffe, quem aguenta???

Uma solução bem legal eu achei nesse vídeo da Jú Magnanti! Ela conversou com a nutricionista dela (Lilian Dal Bosco) e passou pro vídeo a dica mais legal ever: fazer o suco verde e congelar em cubinhos, e tomar um por dia! Como a recomendação é da nutricionista, a gente sabe que não é dica furada, né! O trabalho todo com as folhas é feito só uma vez por semana, e fica super prático consumir o suco todos os dias!


RECEITA:

10 folhas de couve
2 rodelas de gengibre
suco de 1 limão
1 maço pequeno de salsinha
10 folhas de hortelã natural

Bater tudo no liquidificador com pouca água (achei difícil bater, a couve deixa o suco pesadão, mas bate com carinho que dá certo!), coar e colocar em forminhas de gelo.


Eu testei e achei ótimo, o gengibre dá toda uma refrescância! Só achei muito ruinzinho de tomar com água pura, como ela recomenda no vídeo. Eu tenho sempre na geladeira algum suco (ou natural ou em polpa, evito sucos em pó), gostei de misturar 2 pedrinhas de "gelo verde" com suco de qualquer sabor - com suco de abacaxi natural fica uma delícia! - e tomar pela manhã! A idéia é válida, especialmente se estiver associada à uma alimentação balanceada e saudável, e não exige muito esforço!

Agora, se você estiver com disposição prá encarar o liqui everydays, faz a Ambrósio e se joga, filha!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Husky da Risqué


Todas as marcas estão oferencendo a maior gama de azuis que já se viu! Tem azul marinho, com brilhos, azul royal, azul klein, azul céu, azul anil, clarinho e azul esverdeado. Na hora que eu vi esse esmalte Husky, lembrei do Azul Pavão, cor super linda que já passou por aqui. Até comparei os vidrinhos, mas com toda essa variação de cores, existem sutilezas que nos escapam aos olhos e fazem as cores serem bem diferentes, porém parecidas! Vai entender?!

domingo, 27 de novembro de 2011

Fotos da Semana

DOMINGO
Eu, que sou viciada no arroz + feijão, na minha ida ao shopping não resisti e caí na batata recheada com strogonoff de carne... com um guaraná, que eu nem curto muito, mas no fim de semana póóóde!


SEGUNDA
O fim de semana foi bem cansativo, em função da ida e volta à Cuiabá, e mesmo tendo dormido muito no domingo, eu ainda estava cansada na segunda-feira! Eu sempre tenho manicure, mas tudo que eu queria, no fim da tarde, é que eu pudesse sair logo do trabalho, fazer as unhas e ir prá casa...


TERÇA
Recebi, no mesmo dia, os 2 livros que eu comprei e mais um livro que eu emprestei na biblioteca. Somando ao livro que eu já estou lendo, minha lista ficou longa e eu tenho que ler com afinco prá dar conta do recado! Já fico toda ansiosa por cada um deles, dá vontade de ler tudo ao mesmo tempo! Sempre deixo os livros na ordem que devem ser lidos na minha cabeceira, e dificilmente furo a fila! Estou quase terminando O Morro dos Ventos Uivantes, e o próximo vai ser esse big O Conde de Monte Cristo, que assusta pelo tamanho, mas as letras são grandinhas!


QUARTA
Eu nem contei aqui no blog ainda, mas agora levo o Rockinho prá passear 2 vezes ao dia. E sabem, tá sendo ótimo prá ele e prá mim! O passeio pela manhã é delicioso, o ar está bem fresco (saímos entre 6:50 e 7:10) e leva só 10 minutinhos prá ele fazer o xixizinho dele em todas as ávores da rua! Fez muita diferença prá ele, e vê-lo feliz me deixa feliz! :) Mães caninas são assim!


QUINTA
Todo ano essas jaqueiras ficam carregadas, eu passava por elas sempre e nunca havia observado, foi minha mãe, quando veio me visitar, que viu esse monte de jacas! O mais engraçado é que elas estão plantadas na calçada, já pensou se cai na cabeça de alguém? Ainda bem que elas estão na calçada em frente ao Hospital, hahahahha!


SEXTA
Acho que eu tenho andado muito ansiosa, porque estou SUPER COMILONA! Ainda bem que a minha fome nunca é de baboseiras, sempre é fome de comida mesmo, tipo Prato Feito, kkkk! Eu sempre fui boa de garfo, mas ultimamente tá demais, aguardo o almoço como a melhor hora do dia, e mando ver na bóia, quem vê pensa que eu faço trabalho braçal #vergonha. Adoro o restaurante em que eu almoço todos os dias, especialmente na sexta, que o cardápio é de comida cuiabana e eu amo, tem muito peixe! Dá prá ver, né, meu prato teve peixe à parmegiana, peixe empanado, peixe ao molho, strogonoff de peixe... não tenho muito foco na hora de comer!


SÁBADO
Ontem foi o dia de preparar a casa pro Natal! Montei a árvore, liguei o pisca-pisca e assei cookies! A casa ficou tão cheirosa, tão aconchegante, só faltava estar chovendo lá fora... mas tava um calor insuportável, o que tirou um pouquinho a magia que Hollywood criou na minha cabeça...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Filmes Baseados em Livros

Adoro essa onda de filmes adaptados de livros, sempre são uma boa pedida pros que leram os livros, ou pros que gostaram do filme se interessarem pela leitura! Hoje em dia temos taaantas opções, eu mesma tenho uma lista pessoal de filmes que eu gostei e que agora PRECISO ler o livro:

- O Jardineiro Fiel
- O Conde de Monte Cristo
- À Espera de um Milagre
- Um Sonho de Liberdade
- Sua Resposta Vale Um Bilhão

Agora, o que é legal mesmo é quando anunciam a produção de um filme com algum ator/atriz que você gosta, e dá tempo de comprar o livro antes, ler com calma, e depois ver o filme! #aísim! Já me programei com uma promoção na Saraiva e adquiri dois livros que estão chegando às telas! O bom de comprar antes do filme sair é que a capa ainda não mudou e ainda não colocaram aqueles dizerem medonhos na capa "LIVRO QUE DEU ORIGEM AO FILME ESTRELADO POR ANNE HATHAWAY", argh!


Um Dinheiro Nada Fácil (One For the Money) vai ser estrelado pela minha amiga Katherine Heigl! Yaaay! Esse é o primeiro livro de uma série escrita pela Janet Evanovich, com a protagonista Stephanie Plum. Somente este primeiro e o segundo livro (Two For The Dough - "Duas Vidas Por um Fio") foram lançados no Brasil, tomara que o filme ajude os demais livros da série (Three To Get Deadly, Four To Score, High Five, Hot Six, Seven Up, e por aí vai) a serem lançados também! Acho péssimo começar uma coleção e não concluir!

O filme Um Dia vai ser estrelado pela  Anne Hathaway, e conta a história de dois amigos que se apaixonam, pelo trailler parece ser muito lindo, aquele tipo de filme fofo, que eu amo! Nem li muita a coisa a respeito, prá não estragar minha leitura, tô ansiosíssima prá começar a ler. Mas sabem como é, tenho fila de livros e preciso respeitar a ordem...

Seguem os trailers:


terça-feira, 22 de novembro de 2011

Cenário Perfeito da Risqué


Não consegui fotografar a cor correta desse esmalte, ele parece preto... mas não é! É um azul bem escuro, quase um roxinho. Acho uma ótima opção prá quem acha o preto pesado demais pro dia a dia, mas adora esmaltes escurões. Como eu estou saindo de uma fase de unhas roídas, é bem importante pintar de cores escuras nessa fase de crescimento, porque assim eu evito colocar as unhas na boca... morro de medo de descascar as pontinhas e ficar aquele descascadinho super evidente!

Amanhecer - Parte 1

Se você não leu os livros, nem assistiu ao filme, e quer assistir logo, talvez seja melhor nem ler esse post. Farei o possível prá não entregar as surpresas do filme... mas pode conter spoilers! Se bem que já se falou tanto desse filme pela internet afora que acho que não tem mais novidade nenhuma, né!


Eu sou fã da série, então fecho os olhos prá tudo que o povo adora criticar, tipo as maquiagens vampirísticas e a atuação dos atores. Eu entro naquele universo e prá mim tudo fica lindo, muito melhor do que eu imaginava enquanto lia os livros. O amor entre a Bella e o Edward me parece tão verdadeiro... ai, eu sou a melhor melhor do mundo em acreditar em histórias fantásticas!

O casamento é leeendo, a decoração do lugar ficou perfeita (quero igual!). O vestido da Bella conbinou perfeitamente com ela, com a personalidade meio fechada e melancólica. Aliás, ela está mais melancólica do que nunca nesse filme, a lua de mel deles é de cortar os pulsos! Imagine, eles jogam xadrez na praia... sérião gente? É sempre aquele silêncio entre ela e o Edward, ou eles conversando sem muito entusiasmo, e mesmo com aqueles olhares apaixonados, acho meio aflitivo. Mas no livro essa melancolia dela está bem clara, ela não é uma personagem feliz, na minha opinião.

Aí tem toda aquela história dos lobisomens (tenho uma preguiça dessa parte, sorry aí Team Jacob, por mim nem precisavam existir, hahahaha!), e o filme tem cenas beeem nervosas! A gravidez da Bella é muito tensa, e ela fica MEDONHA, a grávida mais feia que já se viu, coitada. Achei até bem interessante a maquiagem e os efeitos prá deixar a atriz naquele estado, eu acreditei. Mas eu acredito em tudo, já falei... a única coisa que não dá prá aceitar é o peruca de quinta que colocaram na Rosalie!


Apesar dessa peruca horripilante, o filme é bom, e pros fãs, vai ser uma longa espera até o próximo... o final deixa todo mundo super curioso!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Passeio no Shopping

Durante o meu passeio do shopping eu refleti muito sobre o post da vida no interior, porque no nosso grupo estavam 2 menininhas de 8 anos cada uma, que se divertiram o tempo todo e soltaram frases como "esse é o dia mais feliz da minha vida!". Isso porque uma delas nunca havia ido ao shopping! Nunca tinha ido ao cinema! Foi tão legal testemunhar o encantamento dela... foi um dia mágico, do início ao fim!

Logo na chegada, eu perguntei se ela estava cansada da viagem, e ela: "eu nem dormi a noite, tava muito nervosa!". Hahahaha, que amorzinho! Ela se esbaldou! Comeu Mc Lanche Feliz, ganhou brinquedo no lanche do Bob's, tomou milkshake de ovolmatine, tirou foto com o Papai Noel e com todos os cartazes infantis do cinema, usou o secador de mãos do banheiro, adorou o cinema (mesmo o filme não sendo tão apropriado prá crianças... eu percebi que ela sentiu bastante medo!), ficou tensa na escada rolante... foi lindo!

Eu adorei o passeio, não deu tempo de muita coisa, mas o objetivo de assistir ao filme foi cumprido, e eu saí do cinema super curiosa pelo próximo! Lógico que só tinham adolescentes na sala, e ao meu lado sentou uma moça sozinha que eu percebi ser meio fanática pela saga Twilight, ela fazia comentários (prá ela mesma!) o tempo todo, hahahaha, so weird!

Eu percebi, através dos olhos da menininha, tudo aquilo que eu citei no post anterior... ela soltava pérolas o tempo todo, tipo: "que cheiro maravilhoso tem esse lugar!" (quando a gente estava passando em frente à MMartan), "eu nem sei o que eu vou contar primeiro prá minha mãe!", e brigou comigo quando eu comecei a comer a minha pipoca antes do filme começar! Essas pequenas coisinhas já me passam despercebidas, então, fazer parte desse dia tão especial na vida dela foi incrível, e foi a melhor parte de todo o passeio!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Vida de Interior

Eu não consigo imaginar como é ter crescido em uma capital. Eu sempre morei no interiorrr (coloque aqui um R à lá Sabrina Sato), minha família é do interiorrrr, fiz faculdade na minha cidade mesmo e quando eu saí de casa prá trabalhar... me mudei prá uma cidade mais interiorrr ainda! Hahahaha!

A cidade em que eu cresci fica bem longe da capital do Estado, Curitiba. Desde criança, ir prá qualquer "cidade grande" significava: lanches do Mc Donalds, cinema, lojas, shoppings, presentes, sempre foi um acontecimento visitar qualquer cidade que possuísse esses atrativos, então eu fico imaginando como são as lembranças de infância de pessoas que cresceram com essas opções (e talvez achassem o máximo em passar férias subindo em árvores, no interior!). Lógico que hoje em dia muitas cidades tem opções que se assemelham às das metrópoles, mas nem sempre foi assim.

O fato é que, mesmo durante e após a adolescência, ir prá grandes centros é significado de compras e diversão prá mim! Sempre acredito que vou encontrar coisas boas e baratas, que vou me divertir à valer, voltar prá casa cheia de sacolas e coisas novas, que vou comer em lugares diferentes e vai ser tudo ótimo! Hahahaha, bem interiorana, não? Quem sempre teve ou tem opções de compras, passeios e diversão pode até achar graça nisso, mas estar em uma cidade pequenininha, sem shopping nem cinema é outra realidade... ainda bem que existe a internet e a gente tem acesso "às coisas do mundo", mas toda vez que eu vejo meia-calça e calcinhas prá vender no catálogo da Avon eu fico pensando que tem pessoas que só tem essa opção de compra, né?

Desde que eu vim morar aqui no MT isso se reforçou ainda mais, porque tudo aqui gira em torno de Cuiabá. É muito interessante escutar as pessoas falando que compraram tal coisa em Cuiabá, que tal loja de lá está em promoção, que comeram no restaurante x, que foram na balada y... e a cidade é uma delícia mesmo, apesar de ser hot, hot, hot, adoro passear por lá! Fico programando minha idas à capital, pensando em que lojas eu vou, e sempre volto com o cartão cheeeio de parcelas #morrepobre!

Porque eu estou escrevendo tudo isso??? Porque eu sei que tem um monte de meninas que cresceram no interior e são assim como eu, e compartilham desse mesmo encantamento delicioso que é planejar umas comprinhas em shoppings! Ah é, e porque eu vou prá Cuiabá esse fim de semana, hahahaha! A turma do inglês fretou um microbus e a gente vai até lá (umas 3 horinhas de viagem, coisa pouca) só prá passear no shopping e assistir ao filme Amanhecer! Suuuper coisa de galera do interior, né? Tô achando uma delícia! =) 

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A Saga dos Foxworth

Eu já havia falado sobre esses livros neste post, e prometi um post detalhado. Demorei porque eu queria concluir a saga, ler todos os 5 livros, mas confesso que desisti da leitura ao final do terceiro livro.

Eu desisti porque essa história já estava me fazendo mal, tava me dando uma angústia muito grande ler, resolvi parar. É uma narrativa eletrizante, realmente prende a gente, e é difícil parar de ler, mas a sensação esquisita foi maior...


O resumo principal do início da saga, e a faísca principal prá tudo que acontece nos outros livros é desse site aqui:

"No sótão estão escondidos quatro segredos – segredinhos louros, bonito, inocente e que lutam para sobreviver. Os quatro filhos da família Dollanganger levavam vidas perfeitas – uma bela mãe, um pai amoroso e dedicado, uma linda casa. De repente, o pai morre num desastre automobilistico e a mãe fica endividade e não possuí qualificações para ganhar a vida e sustentar a família. Assim, decide escrever aos parentes – seus parentes milionários, dos quais as crianças nunca tinham ouvido falar.
A mãe lhes fala dos avós ricos, de como Chris, Cathy e o gêmeos levaram vidas de príncipes e princesas na luxuosa mansão dos avós. As crianças deleitam-se com as perspectivas da nova vida, até descobrirem que existem algumas coisas que a mãe nunca lhes contou.
O Jardim dos Esquecidos é um romance de Terror, traição e salvação através do amor. De grande força narrativa e maravilhosa imaginação, a autora oferece ao leitor uma visão da vontade e adaptabilidade de crianças envolvidas numa situação bastante bizarra."

O primeiro livro é de longe o melhor dos 3 que eu li. Mas ler sobre 4 crianças aprisionadas em um sótão pela própria mãe e não continuar a ler o que acontece depois é ter muito sangue frio!!! Eu me joguei no segundo livro, que também é bem interessante, mas no terceiro a minha animação foi se transformando em uma angústia, uma gastura, nem sei explicar. O fato é que todos os personagens ficaram muito marcados pelo que aconteceu no sótão, e aí é muito sentimento de vingança, muito rancor, muita mágoa, muito incesto, que chegou um determinado momento que eu tava achando que a autora devia ser meio perturbada!

No segundo livro a gente fica sabendo o que acontece quando as crianças conseguem sair do sótão. O que acontece à mãe e à avó malvada, que rumo a vida deles leva e de que forma eles lidam com os sentimentos e arquitetam uma espécie de vingança. Esse livro é todo centrado em Cathy, a adolescente do primeiro livro. O terceiro livro é um horror, achei péssimo do início ao fim, porque ele é todo sob a perspectiva de duas crianças (filhos da Cathy), e é muita confusão, um dos meninos está sob forte influência de um adulto, me fez mal imaginar que tudo aquilo poderia passar pela cabeça de uma criança.

Enfim, é uma leitura pesada, mas ao mesmo tempo muito instigante. Recomendo muito a leitura, se alguém chegar ao fim da saga, por favor, venha contar o que achou, eu li em algum site que muita coisa se encaixa no quinto livro, especialmente sobre a avó. Tem muita gente que adorou ler os livros, e eu também gostei, contei sobre o primeiro livro prá todo mundo (até minha manicure sabe tudinho, kkkk! Beijo Josi!), mas tem que ser firme e não se deixar contaminar pelos sentimentos que o livro passa.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

I LOVE Victoria's Secret

É fato: Victoria's Secret são os cremes mais cheirosinhos da paróquia! A hidratação deixa muito a desejar, mas duvido que alguém compre um creminho desses pensando em hidratar a pele, a gente quer mesmo é ficar cheirosa!!!

Aqui na minha cidade o comércio tem a pachorra de cobrar até R$ 80,00 por um frasco desses, é prá rir, né? Então já virou mania minha, toda vez que a minha mãe ou meu noivo vão ao Paraguai e me perguntam se eu quero algo, a resposta é imediata: traz um hidratante prá mim???? Lá, a média cobrada é de U$ 10,00 por frasco, tanto no hidratante quanto no body splash. As manteigas hidratantes são um pouquinho mais caras, não me lembro ao certo quanto. Aí eu fui acumulando fragrâncias, porque eu alterno muito o uso de todos eles no dia-a-dia, então demora prá acabar...


Todos os que eu tenho são da linha Secret Graden, que agora nem existe mais, pelo que eu vi. Agora algumas fragrâncias permanceram na linha, que se chama Fantasies, e todas as embalagens mudaram. Mas eu tenho as do Paraguai, né, se você vai aos EUA vai conseguir tudo mais barato e das novas coleções!

Não tenho nenhum preferido, e adoro experimentar as novidades! Os tradicionais de Vanilla, Morango com Champagne e Pêra são ótimos, e das últimas vezes que fui ao Paraguai nem encontrei dessas fragrâncias!

Dos cheirinhos que eu tenho agora, selecionei os preferidos:


O Amber Romance Midnight é tão cheiroso que não dá prá usar perfume ao mesmo tempo! A linha Midnight tem a fragrância concentrada, é bem forte mesmo, mas não sei se essa linha ainda existe. O Island Waters eu coloquei na foto por outro motivo, esse hidratante foi bem decepcionante, porque o cheiro é delicinha, mas é super fraco! O Coconut Passion é dos deuses, docinho, concentrado, arrisco dizer que é o meu preferido! E aí a manteiga hidratante (que poderia ser mais emoliente) de Pêra, muito gostoso de aplicar.


Meus body splashes acabam super rápido, quando eu tenho preguiça de usar hidratante após o banho ou se está muito calor, eles são a saída certeira, fico cheirosa sem trabalho nenhum! Só tenho um no momento, e o cheiro dele é uma coooooisa de bom! Pelo que eu vi no site, foi uma fragrância limitada, o que é uma pena, porque a Shea Butter é docinha e encorpada, bem sensual.

Olhando no site dá vontade de comprar tudo e renovar todo o estoque que eu tenho, o que é um absurdo, mas é tudo muito booom! Recomento muito os cremes e os splashes, acho uma feminice só, porque os cheirinhos são ótimos. Mas só se você conseguir à um preço aceitável, lógico, porque o povo tem mania de tentar lucrar 400% sobre os valores reais dos produtos, o que dificulta um pouco a vida da gente, vamos combinar!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Filmes

Tenho ficado muito em casa, logo, tenho assistido muitos filmes! Seguem os últimos que eu assisti:


PLANETA DOS MACACOS - A ORIGEM
Comecei a assistir esse filme com muita expectativa, porque eu gostei muito dos anteriores, achei que seria interessante encontrar uma explicação práqueles macacos tão inteligentes... e o filme é mesmo legal, só que do meio pro final ele vai descambando e a "revolta macacal" acaba ficando meio... ridícula. Tipo os macacos dão mega pulos, estouram vidros, levantam carros, é uma coisa bem viajada. Os gorilas são bem fortes, e tal, mas chimpanzés? Pára, né. Mas tirando essa parte de macacos-invencíveis o filme é legalzinho, conta sobre um cientista que está testando um remédio prá cura do Alzheimer em macacos. O experimento é rejeitado pela empresa, mas o cientista cria em casa um dos símios que possuem o remédio na carga genética, e realmente ele é mais inteligente que os outros macacos... e por aí vai.

LARRY CROWNE - O AMOR ESTÁ DE VOLTA
Ai, que filme fofo!!! Também tava cheia de expectativa, porque Júlia Roberts e Tom Hanks é uma elenco de impressionar! E o filme é uma graça, eu gosto muito de filmes com "amor na maturidade", hahahaha! Ele é um cara bem nomal e metódico, que é demitido da sua empresa por nunca ter cursado a universidade. Aí ele se matricula em uma, a Júlia Roberts é a sua professora, ele é um ótimo aluno, faz ótimos amigos na faculdade, eles acabam tendo encontros casuais, se interessando um pelo outro... só pode terminar em fofurice! Acho ótimas as cenas dela, a personagem dela é muito sarcástica e mal humorada, adorei muito, muito!

EU QUERIA TER A SUA VIDA
Que filme sem sal e sem açúcar, hein? Super lugar comum: dois amigos que levam vidas bem opostas trocam de corpo. Ai, que novidade. Um é mulherengo e sem compromisso com nada. O outro é pai de família, advogado dedicado. É muito exagero! Aí vem toda aquela moral da história de "olha como a sua vida é boa e você não valoriza..." ai, fiquei com preguiça desse filme.

SUPER 8
Achei esse filme bem bonitinho, prá resumir. Tem um lado muito legal, meio Goonies, dos amigos que se metem nas maiores encrencas e se ajudam, e tem toda a qualidade Spielberg, e tem um lado meio besta, que é a parte do E.T. Bom, o filme trata de amigos que estão rodando um filme em Super 8 quando acontece um acidente de trem no local da filmagem. Eles percebem que há algo estranho naquele trem, e sem perceber, acabam se envolvendo e descobrindo do que se trata. Pessoas da cidade começam a sumir, a Força Militar está envolvida, o filme chega a dar um medinho em cenas de suspense. As partes do extraterrestre realmente achei idiotas, mas ainda assim o filme vale à pena!

CILADA.COM
Eu gostava muito do Cilada na TV, gosto do Bruno Mazzeo. Mas esse filme é muito exagerado! Hahaha, tenho uma raiva de filme com situação-pastelão! O exagero é sempre a minha maior crítica, em vários filmes, já deu prá notar, né? Esse filme é MUITO PASTELÃO! O cara é pego transando com outra no meio de uma festa de casamento, na frente da família toda da namorada dele. Prá se vingar, ela põe no Youtube um vídeo deles dois transando, e a performance dele é beeem ruim. O vídeo se torna viral, e a vida dele vira um inferno. Ele, prá melhorar a própria imagem, quer colocar no youtube um vídeo transando com uma performance ótima, e contrata um cinegrafista chapado, que só mete ele em confusão. Falei que era pastelão, não falei? Durante essa saga toda, ele percebe que ainda ama a ex-namorada, mas ela não quer falar com ele. Ele prepara uma surpresa prá ela... o final é bonitinho, mas em resumo, o filme é ruim.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

GlossyBox de Outubro

Acho que todo mundo já leu alguma coisa sobre essas caixinhas pelos blogs afora, então não vou ficar de blá blá blá. Resumão: você paga uma mensalidade de valor fixo e recebe todos os meses uma caixinha com algumas amostras de produtos, sendo que alguns podem (ou não) ser de tamanho normal. No início, eu achei furada. Mas aí algumas empresas bem legais começaram a participar da caixinha, e eu vi credibilidade (e vantagem!). Resolvi testar prá ver qual era.

Recebi a minha primeira caixinha no início de novembro, e fiquei bem contente! No site, você pode optar por 2 modelos de caixa: a versão GlossyBox Beauty custa R$ 23,00 por mês e vem com produtos nacionais, com marcas como O Boticário, Kleenex, Natura, Vult, Dove, Risqué, entre outras, e a versão GlossyBox Beauty Premium custa R$ 39,00 e vem com produtos das marcas Bourjois, L'Oréal, L'Occitane, Clinique, Dermage, Revlon, Roc, Eyeko, etc.


Eu optei pela caixinha Premium, e achei muito caprichadinha. Ela veio super bem embalada, com muito papel de seda protegendo a caixa e uma fita de cetim arrematando. A caixinha é de papelão bem grosso, ótima prá guardar coisinhas! A minha veio com amostrinhas ótimas, produtos que eu realmente quero testar! Dentro, com os produtos, um cartãozinho com informações sobre os produtos.


Algumas amostrinhas são inhas mesmo, tipo o Minesol e o sabonete da Neutrogena, com 5 ml cada embalagem! Mas o shampoozinho vem com 30 ml, tipo amostra de hotel. Dá prá usar todas mais de uma vez, e ter uma real noção da qualidade de cada um.


Já testei todos, e já quero comprar o Minesol prá ontem, minha pele ficou super sequinha! O shampoo de Verbena deixou meu cabelo ótimo, soltinho na raiz... a sombra da ArtDeco é básica, adorei! Só o desodorante Fa que tem um perfume um pouco forte, prefiro os sem perfume, mas tá valendo.

Eu sei que muitas devem estar pensando "pagar 40 contos prá testar amostras?", mas vai muito do ponto de vista. Eu adoro testar produtos novos, mas meu blog não é comercial, logo, não recebo jabás. Se eu quisesse experimentar um shampoo da L'Occitane, teria que comprar um tubo grande, que não é barato, prá saber se é bom. Então, achei interessante essa idéia. Lógico que ter produtos com o tamanho original faz a caixa valer a pena, só assinei depois de ver fotos e relatos de outras meninas que estão assinando, achei que seria legal, e não me arrependi.

amostras divertidas!