sábado, 19 de dezembro de 2009

Leia Mais!!!


Esses dias atrás eu estava conversando com Mamadi no telefone, numa das nossas infindáveis prosas, e agradeci - mais uma vez - à ela por ter me ensinado o gosto pela leitura.

Desde pequena me lembro do contato com livros, gibis e revistas. Eu ainda não sabia ler, mas inventava historinhas com os desenhos do Maurício de Souza, enquanto ela lia romances e a minha irmã também lia os gibis. Meu pai também foi um grande leitor, fã de livros de ação e intrigas políticas, estilo Frederick Forsyth (hoje em dia lê muito jornal, é uma pessoa informadíssima). Minha irmã até hoje é uma grande devoradora de livros, lendo muito e muito depressa.

E aí tudo foi fluindo... a descoberta da biblioteca no colégio, os livros do Monteiro Lobato dados pela tia Marina (Reinações de Narizinho foi o primeiro "livro grosso" que eu li!), a coleção Vaga-Lume, os livros estilo diário ou de correspondências, as revistas Capricho e Carícia (que nome brega prá uma revista hein!). Mas o fato é que eu fui lendo, e lendo pela vida afora eu vou entrando em novos mundos, aprendendo a ler e a escrever mais e melhor, vou viajando sem sair do lugar, me emocionando e tendo sempre companhia, mesmo só aqui nesse apartamento.

Eu lembro muito bem de um comercial que passava na TV, de um cara que ia lendo e o cenário ia mudando, mostrando como a gente se envolve enquanto lê. O jingle era "Ler é viver, ler é prazer, leia, leia, leia mais!" Alguém lembra? Eu achava o máximo esse comercial, assim como eu adoro qualquer campanha que incentive a leitura!

Eu já comprei muitos livros, adoro descobrir volumes bacanas em sebos por bons preços, ou pegar promoções na internet. Agora meu ritmo de compras diminuiu muito, porque o Banco do Brasil tem um Centro Cultural com uma biblioteca bem completa no RJ, e outra biblioteca em Brasília. Os funcionários podem pedir os livros, e eles enviam via malote. Na minha agência, quando chega malote azul o povo já sabe que é prá mim! E eu considero essa biblioteca um benefício tão valioso quanto o plano de saúde ou de aposentadoria! Tenho um super orgulho de contar sobre essa biblioteca prá todo mundo!

Então eu só escrevi tudo isso porque eu também quero fazer a minha parte no incentivo à leitura, e se você conseguiu ler tudo isso até aqui, é porque gosta de ler (ainda que seja um blog singelo como esse), então, por que você não resgata aquela leitura abandonada, ou abre um livro novo e começa a ler ele hoje? Garanto que você vai gostar! ;o)

5 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei envaidecida rssss, mas você sabe como eu me preocupo com crianças que não são despertadas para o mundo da leitura.

Te amo visse beijos Mamadi

andrea disse...

TATI tbém amo ler e depois que li seu post achei que seria super legal se a gente fizesse uma troquinha de livros, livros que a gente já leu e acha que a outra pessoa iria gostar tanto quanto a gente, ontem entrei em um site de trocas de livro que descobri atraves de um blog, achei super a idéia...... fica lançada a idéia

MAMADI...... conseguiu pegar sua caixa nos correios????

Bjus

Anônimo disse...

Oi Tati,como é bom ler neh?assim que passar festas e casamento caio nas minhas leituras,como é bom.Muita saudade de tu,tenha um bom fim de semana,fique com Deus. Bjs, tia Marildinha.

Sheila disse...

Oi,Tati.
Ótimo post sobre a leitura,tão essencial e tão esquecida por alguns.Não sei se conhece o site "trocando livros",super seguro,é só cadastrar os livros que você pretende trocar e esperar alguém que deseje algum dos seus. Dá uma olhadinha,já troquei um livro lá.
Adoro seu blog,
Beijos,

Sheila

Erika disse...

Oi Tati, eu também amo ler, vc sabe.
E também agradeço à minha mãe, que me ensinou a amar os livros.
Eu me cadastrei nesse Trocando livros e já fiz a minha primeira troca. Achei bem legal.

beijocass