sábado, 19 de março de 2011

Educando seu Cachorrinho

sonequinha da tarde na minha caminha, com meu naninha do Ben 10... eu sou taaan mimado!

A tarefa mais complexa, prá mim, foi ensinar o Rocky a fazer xixi e cocô no lugar certo. Fixei 2 folhas de jornal no chão da sacada com durex nos cantos, prá não voar, e comecei as tentativas... e foi difícil, porque parecia que o chão da cozinha era um lugar muito mais apropriado como banheiro na concepção dele. Má justo na cozinha???

Comprei um líquido prá incentivá-lo, aqueles que a gente pinga no local, estilo "Pipi-Dog" ou "Aqui-Pode". O cheiro do produto só fazia com que ele ficasse estressado. Ele cheirava o jornal quando eu pingava e latia, pulava, como se procurasse onde estava o cachorro que havia demarcado aquele território! Continuou fazendo xixi na cozinha, que saco!

Aí comprei extrato de eucalipto e passei no chão da casa toda, menos na sacada. Eu achei que isso fosse inibir o xixi pela casa, porque os cães detestam esse cheiro de sauna (e eu detestei também, hahahaha!), mas os resultados ainda foram bem abaixo do esperado. Também tentei comprar aquele líquido fedido prá inibir o xixi na cozinha, o tal "Aqui-Não-Pode". Ele cheirava o líquido e realmente não fazia mais onde eu havia indicado, mas fazia logo ao lado. :o/

E que ninguém lembre da famigerada técnica de esfregar o focinho do animal no xixi e no cocô e depois esfregar no jornal, porque isso é um absurdo e não funciona (eu tentei, num acesso de raiva, shame on me!). A única coisa que funcionou foi a boa e infalível técnica da PACIÊNCIA!

Em primeiro lugar, observar o animal, conhecer os seus horários e incentivá-lo a fazer xixi ou cocô, simplesmente ficando no local correto junto com ele. Eu me sentei inúmeras vezes na sacada, e fiquei ali brincando com ele, até que chegasse a hora de fazer xixi, e então, como já estávamos ali, ele fazia no jornal. Nessa hora, é importantíssimo fazer muita festinha, afagar o cachorrinho e parabenizá-lo. É legal escolher uma frase ou uma palavra e repeti-la carinhosamente no mesmo tom sempre que ele acertar, "bom garoooto!", "legaaaaal", coisas do tipo.

Em segundo lugar, a técnica da repetição foi tiro certeiro. Acompanhar o bichinho o tempo todo (exige móóóita paciência) e no momento em que ele estiver fazendo no lugar errado, levá-lo para o local correto. No máximo, leve-lo logo em seguida. Não adianta ser muito tempo depois, porque ele não vai entender a lógica. Eu pegava ele no flagra, fazendo xixi ou cocô na cozinha, e o levava pro jornal e ficava segurando ele ali por um tempinho, prá ele associar. Nem precisa falar nada, OK? Só leve-o lá todas as vezes que ele errar e com o tempo ele vai associar as necessidades ao jornal.

Brigar com o bichinho só vai assustá-lo e ele pode achar que fazer xixi ou cocô é errado e feio, pode acabar fazendo em locais de difícil acesso, atrás de portas ou embaixo dos móveis, ou pior ainda, pode acabar comendo o cocô prá que você não veja que ele fez! Entenda que ele ama você muito, muito, muito, e decepcionar você com xixi e cocô no lugar errado não é intencional e nem prá te provocar!

Sempre, sempre, sempre troque o jornal sujo, eu deixo no máximo 2 xixis e já troco. Cocô eu recolho na mesma hora senão atrai moscas. O animal se sente mal em fazer as necessidades em locais sujos, normal, né. Agora a troca de jornais diminuiu muito, porque ele segura o xixi mais tempo prá fazer nas árvores da rua, nos passeios diários, é uma beleza! E é claro que de vez em quando ainda escapa alguma coisa em lugares errados, mas eu entendo que algumas vezes ele pode ter ficado muito apertado. Só não entendo porque ele SEMPRE quer fazer cocô nos locais mais movimentados da rua, eu sempre tenho que recolher a caca com platéia olhando...

Essas forams técnicas que deram certo e errado pro Rocky, mas cada cachorro aprende de um jeito. Espero ter ajudado quem está com dificuldades com seus filhotinhos. Mas tem aqueles que são mágicos e fazem no lugar certo sem você ter que ensinar. \o/ injevinha!

8 comentários:

Lanny disse...

Mesmo não tendo cachorro, li tudo pra entender a saga! Parabéns, viu? Outra, parabéns também por catar o cocô dele da rua. Dane-se se todos olham... :D Você tá se mostrando mega educada, oras.... Se todos fizessem isso.. :)

Carla disse...

Ri, imaginando você levando ele pro jornal na hora que ele começava a fazer xixi. Lembrei dos episódios de Super Nanny, quando ela aconselhava os pais a levarem os filhos pra cama, sem dizer uma palavra, quantas vezes fosse necessário. um exercício de paciência, sem dúvida. Tati, eu queria saber como vc conseguiu baixar o som da chuva no 4shared. beijo!

Anônimo disse...

Legal Tati é isso aí garota,mas um tempinho e ele só fará la fora,como o primo dele.Beijocas.Tia Marildinha.

Anônimo disse...

Tati, q texto lindo, cheio de amor e dedicação!
Amei, fiquei orgulhosa de vc!
Beijos
Te amo muuuuito
Flavia

Neusa disse...

Adorei! Quanto ao pegar o cocô na rua, eu também tenho este problema, mas esses dias vi uma senhora passeando com seu dog e uma sacolinha de fezes, observei que todas as vezes que ele ia fazer cocô, ela aparava com a sacolinha. Gostei da idéia, vou tentar no próximo passeio. São 3. Bjs!

Singra Abreu disse...

Show Tati! Fiz o mesmo com a Laninha...Rs...E mt paciência mesmo...Bjs!

angela disse...

Ah! meus cães tem um blog, quem sabe se o seu não quer acompanhar?
http://napontadapata.blogspot.com

ThAySe disse...

Tenho um Yorkshire de 10 meses. Desde de novinho ele faz no jornal. No começo foi difícil, mais depois de três dias mostrando o lugar correto ele aprendeu.
O interessante foi que ao nos mudarmos de um apartamento para uma casa mair, onde ele pode se movimentar melhor ele continua a fazer suas necessidades no jornal.