quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Mais de 10 anos se passaram...

Tive que pedir um help prá minha mãe prá conseguir uma foto minha há mais de dez anos, porque aqui no meu computador só tenho fotos recentes, e na minha adolescência ainda não tinha máquina digital. Eu tenho 15 anos nessa foto, um cabelo enoooorme e bem liso, na cor natural. Nessa época eu ainda não me maquiava muito, mas adorava tirar a sobrancelha e quase fiquei sem, acho que era meio moda na época, ter sobrancelha fininha. Eu ainda não ia ao salão fazer as unhas, usava as roupas todas bem largas e não era muito feminina. Não me lembro de ter preocupações com o meu corpo, eu era magra e usava o uniforme do colégio todo grandão, e levava aquelas pastinhas do Positivo do lado do corpo. Eu ganhei um book fotográfico de presente de 15 anos, mas como eu tinha um diastema bem grande nos dentes da frente, eu não sorri em nenhuma das fotos que eu fiz nesse dia, que bobona.
Minha mãe me matriculou em dois colégios nesse período, então eu cursava Educação Geral de manhã numa escola particular e fazia Magistério à tarde, numa escola estadual. Foi a melhor coisa que ela fez, porque eu tinha tantas coisas prá fazer, tantas provas e trabalhos, que eu nunca matava tempo ou pensava besteira. Além de toda a parte legal de se ter duas turmas! Eu não me lembro de ter questionado isso de estudar dobrado, acho que eu aceitei e encarei o desafio de uma forma tranquila (foi assim, mãe?), e quero fazer o mesmo pelos meus filhos, quando eles chegarem nessa fase complicada da adolescência. Sim, porque eu tô toda cândida nessa foto, uma candura de menina, mas eu lembro bem de como eu era, devia ser fogo de aguentar...

5 comentários:

Rita Santos disse...

Muito linda a foto, e o fato de vc não estar sorrindo deu um ar diferente porem muito bonito...

eu tbm era assim nos meus 15anos....sem vaidade e usava roupas largas...(acho que era por causa mudança do meu corpo uma hora tudo estava otimo outra não...rsrs) e sem dizer que estava muito rebeldo nessa epoca, porem mergulhei nos estudos e no trabalho..(comecei a trabalhar aos 13 anos) minha mãe não me dava dinheiro para gastar com os coisinhas q eu queria ai fui a luta...mas foi otimo pois ocupou bastante a mente e me livrou das coisas erradas da epoca...rsrs

adorei o poste me levou a otimas lembranças...

bjs

Anônimo disse...

KKKK, eu não perguntei se você queria fazer 2 cursos, mas senti necessidade, não te deixava sair de casa durante a semana, mas quando eu chegava do trabalho nossa casa estava sempre cheia de meninas eu te questionava e vc dizia quer que eu faça o que? Dai a minha decisão.
Que bom que foi BOM.
Beijos Mamadi

maia disse...

Que linda a foto, apesar de nao sorrir...
Muito bom qdo nossos pais investem nas coisas certas ne...eu tbem me orgulho muito da educação que me deram...
Beijinho

Nadja Barros disse...

Amiga!!!

Que adolescente mais linda vc, hein!?

Adorei as fotos (todas - que eu não sou boba nem nada e fui lá no 'iogurt' fuçar geral) - eheheheheheeheheh

Essa modinha roupa largada/ sou de esquerda / não ligo pra moda / ar blasé era onipresente de norte a sul, pelo visto...ahhhhh, bons tempos a nossa adolê!! :)

Mamadi, desconhecia seu lado carrasco!!!! 2 turnos de escola - uau! ahahahahahahahaah

Se bem que aos 16 eu tb já encarava jornada dupla: escola/trabalho no banco, então imagino o uão produtivo e enriquecedor foi pra vc tb, amiga, pq só mesmo muita responsa e determinação pra encarar essa batalha em plena adolescência!

bjs!

Adorando esse meme!!!!

E aquele em que vc detalha o projeto Rondon foi maravilhoso!!! Vc é uma garota de fibra! Atóron!
;)

Anônimo disse...

NOssa Tati.. nessa época eu devia morar em toledo ainda, mas nem me lembro de você assim. Lembro que ia na sua casa e você ficava dançando no seu quarto, e dizia que eu não podia entrar. Are baba ein, prima mais chata! E quando a gente resolvia brincar de detetive e deixar mensagens gravadas naquele seu rádio enorme, lembra disso? Eeeta tempo bom.. :)

beijosss
te amo

Lu